Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Onde ficar:
  Alugar Imóveis
  Albergues
  Au Pair
  Bed & Breakfast
  Caravan Parks
  Farmstay
  Homestay
  Hotéis e Motéis
  Imobiliárias
  Para Estudantes
  Para Turistas
  Para Imigrantes
  Dicas Acomodação
  Perguntas/respostas

 

 

Link Patrocinado

Comprar
Imóveis 
na Austrália

Nota: Estrangeiros podem comprar imóveis na Austrália, mas o fato em si, não dá direito de residir na Austrália além do período estipulado pelo seu visto.

Comprar um imóvel na Austrália é um bom investimento, e se bobear, o melhor e mais seguro de todos. Nos últimos anos a valorização dos imóveis passou da conta, ajudada por uma economia estável, o que fez com que imóveis em certas áreas valorizarem em até 80% em um único ano. Houve um boom imobiliário, com o governo controlando indiretamente esse fluxo através do aumento ou diminuição das taxas de juros. Bem, o boom acabou (ou adormeceu) mas a valorização de imóveis na Austrália continua num patamar mínimo de 10% ao ano, sendo que em locais nobres, a demanda chega a jogar os preços em até 20% para cima. O mercado de imóveis Australiano é aberto, e recebe investidores não só da Austrália como de todo o mundo. Muitos compram só para alugar, e além de ter lucro com o aluguel, ganham a valorização através dos anos.

Comprar um imóvel é o sonho de todo Australiano, e mais cedo ou mais tarde ele vai comprar um. Pode parecer a princípio que quase todo o Australiano tem casa própria, e o país está nadando em dinheiro, mas a verdade é que por causa dos financiamentos bancários para a aquisição de um imóvel ou carro, a quantidade de gente devendo ao banco também é enorme. Por isso, bastou mexer meio no "por cento" nas taxas de juros, que a economia (e o mercado de imóveis) se move, para frente ou para trás.

É fácil comprar uma casa ou apartamento. Basta que a pessoa tenha uma comprovação de renda constante, ir ao banco, (qualquer um) e solicitar um financiamento, chamado de Mortgage (hipoteca). Para isso, a pessoa de preferência tem que ter pelo menos 10% do valor do imóvel, sendo que quanto mais depósito se der, menor o prazo de pagamento, e por conseguinte das prestações. Normalmente os bancos financiam em 30 anos, mas a pessoa pode solicitar o tempo que quiser. Existem bancos que financiam até mesmo sem um depósito, mas nesse caso o vínculo empregatício tem que ser sólido, e o salário também para fazer frente à prestações mais altas. O primeiro passo para quem quer comprar um imóvel por Mortgage, é ir ao banco para saber qual o máximo de dinheiro que eles vão estar dispostos à lhe emprestar. O banco irá analisar a situação, e por exemplo, lhe falar que o máximo é de digamos, A$ 300 mil. Só depois de saber o valor, é que você começará a caçar um imóvel nesse valor. Apesar do sistema funcionar igual para todos os bancos, cada qual tem taxas e regrinhas diferentes, por isso é necessário fazer um shopping entre vários bancos, ou procurar um Mortgage Broker (agente de financiamentos). Um Broker poderá lhe orientar sobre qual o banco que está oferecendo um melhor financiamento para sua situação. Se você tem dinheiro para comprar à vista, considere-se um felizardo, pois quase nenhum australiano tem.

Os juros cobrados para empréstimo varia, e pode-se acertar com o banco juros fixos por um determinado período, exemplo, por dois anos. Passados os dois anos, os juros voltam ao de mercado que em 2008 esteve por volta de 4.5% ao ano. Pode-se também durante o tempo da mortgage, caso entre um dinheiro extra, efetuar um pagamento grande, e diminuir o valor das prestações ou o tempo de pagamento. Tudo é negociével com o banco (contanto que eles ganhem). Enquanto não houver a quitação total do pagamento, o imóvel fica hipotecado ao banco. Você poderá vendê-lo no meio do caminho, mas terá que ter aprovação do banco, e terá que quitar o financiamento, no momento em que recebe o dinheiro pela venda. (Na verdade o banco é que recebe o dinheiro, tira o dele, e repassa o restante para você caso sobre algum). O não pagamento ou atraso em prestações, pode acarretar na perca do imóvel caso não consiga acertar uma outra maneira de pagar ao banco. (Não se esqueça que o banco é o dono do imóvel até a quitação).

Existem despesas extras na compra de um imóvel, tais como, avaliador, advogado, pest report (para saber se há infestação de cupim em imóveis de madeira), registro, seguros (obrigatório pelo banco) e stamp duty (equivalente a um selo oficial ou certificado a transação). Numa casa de A$ 300 mil, essas despesas chegam ao redor de A$ 15 mil.

Os jornais de Sábado no caderno de Real Estate, tem centenas de imóveis à venda. As imobiliárias são bastante controladas pelos órgãos competentes, e os corretores, em sua grande maioria, são honestos e competentes. O preço estabelecido para a venda de um imóvel corresponde mais ou menos ao preço dos outros imóveis do mesmo tipo e tamanho na área. Isso não garante que você esteja pagando caro ou barato, Só um profundo conhecimento do mercado (e das condições do imóvel) poderá dizer. Por isso, não é má idéia contratar um avaliador independente, e obter uma outra opinião. Uma outra modalidade que está muito na moda, e comprar imóveis através de Leilão (Auction). Ao invés de fixar o preço final, a Leiloeiro fixa um valor mínimo, e no transcorrer do Leilão, (que é feito no local ou dentro do próprio imóvel), o Leiloeiro puxa as ofertas. Caso os proprietários não obtenham o preço mínimo, podem chamar pelo cancelamento do Leilão, caso contrário quem der mais leva o imóvel. 

Preços aproximados de imóveis em 2010 

Nota: Os preços abaixo têm como base a Gold Coast, que é considerada uma cidade de porte médio na Austrália. Cidades como Sydney, que tradicionalmente tem os imóveis mais caros da Austrália, e/ou a própria Gold Coast, que dependendo se o imóvel estiver à beira mar, ou de frente para um dos canais, os preços podem ser até 10 vezes mais altos do que os mencionados abaixo. Esses preços são para imóveis médios em um lugar comum, e não imóveis novos ou de localização nobre. Se você quiser saber sobre o mercado imobiliário em qualquer cidade da Austrália, procure um Real Estate do local. Na Austrália quando se fala de uma cidade ser cara ou barata, a base que o australiano está se referindo é relativa ao valor do um imóvel.

IMÓVEL-TIPO

A$ x 1000

Apt. 1 quarto 220
Apt. 2 quartos 280
Apt. 3 quartos 380
Casa 3 quartos 420
Casa 4 quartos 580

Não pule ainda Mary Help... eu prometo que os preços vão abaixar!

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.