Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Austrália:
  Artes
  Bancos
  Carros
  Comida
  Custo de Vida
  Economia 
  Esportes
  Governo
  Hábitos
  História
  Hobbies
  Jeito de ser
  Leis
  Os Aborígenes
  Os Europeus
  Os Imigrantes
  Padrão de Vida
  Segurança
  Seguros
  Transportes

 

 

Link Patrocinado

Comunicações
 na
Austrália

 Telstra, a companhia telefônica Australiana, continua propriedade do governo, apesar do mesmo estar doido para privatizá-la o mais rápido possível, porém conta com opositores no Parlamento. Mesmo assim, existem várias outras companhias que oferecem serviços telefônicos e apesar de usarem as linhas da Telstra, competem diretamente com ela, seja na telefonia móvel ou fixa.

Para se ter um telefone fixo na Austrália, basta comprar um aparelho em qualquer loja e em seguida ligar para a cia através de um telefone público ou outro, pois todo o processo é feito por telefone mesmo. Rapidamente você terá um número, e se não precisar de um técnico para conectá-lo, você poderá fazê-lo sozinho bastando ligar o aparelho no plug da parede. Em menos de uma hora o bicho vai estar falando mais claro e alto que papagaio. A assinatura mensal custa em torno de A$ 35, e paga-se 25 centavos para cada ligação dentro da mesma cidade. Ligações que você receber não paga, e não há contagem de minutos, a não ser que a ligação seja entre cidades ou Internacional. Localmente você pode ligar de um telefone fixo para outro fixo e falar por horas, que não irá gastar mais do que os 25 centavos.

Dica 1: quem assina com a Telstra na linha de casa , tem direito ao serviço de secretária eletrônica grátis, bastando ligar 101.

Dica 2: não importa quanto tempo se fale numa ligação local, seja de casa ou de um telefone público.

Existem vários cartões telefônicos que são vendidos em lojas especializadas e em algumas News Agents, no qual você digitando um código inicial seguido do telefone Internacional, a ligação sai muito barata. Exemplo: Com um cartão de A$ 10 falo da Australia para São Paulo ou Rio por mais ou menos 2 horas. Cada tipo de cartão tem preços melhores para A ou B cidade. Dentre esses cartões podemos destacar: Go Talk, OZ Call, e Day Break, só para citar alguns. Você pode falar de qualquer telefone, seja no de sua casa, na de outros, ou até mesmo de um telefone público, bastando para isso colocar uma moeda para obter a linha e depois digitar o código. Quando acabar seu crédito, você pode comprar mais usando seu cartão de crédito diretamente ligando para a cia do cartão telefônico ou comprar outro.

Telefones públicos são exemplarmente bem conservados e estão localizados em muitos pontos em todas as cidades, principalmente em Shopping Centers. Em áreas Rurais e/ou cidades pequenas sempre há um perto dos Correios e na frente (ou dentro) da maioria dos Caravan Parks. Funcionam com moedas ou cartões de crédito (não todos). Cuidado com a quantidade de moedas que colocar, pois se colocar uma moeda de 50 centavos para uma ligação local (que custa 40 centavos), o fone não dá troco. A dica é ter moedas de baixo valor na mão e ir alimentando a geringonça aos poucos, se for fazer ligações interestaduais ou para celular.

Telefone público na estrada de acesso ao Mt. Warning National Park.

Telefones móveis ou "Mobile Phones" como são chamados, são vendidos com duas situações distintas: Ou com contrato fixo com uma  operadora por um determinado período, pagando-se um fixo mensal, ou com cartões pré-pagos. É muito importante investigar bem com o vendedor da loja, qual a situação que será melhor para você , pois muitas operadoras vendem o aparelho muito barato, para "amarrar" um contrato longo e não se pode mudar. Um telefone móvel pré-pago tem sido a opção mais popular, e custa a partir de A$ 70. + a compra de créditos para falar. Um fone com câmera digital custa em torno de A$ 150.

Dica 3: A Vodafone tem um sistema chamado CAP, que se você comprar A$ 50 de pré-pago, recebe A$ 200 de crédito (note que essa é uma promoção e pode mudar com o tempo, mas eles sempre fazem alguma para atrair clientes).

Dica 4: Dependendo do plano, companhias oferecem ligações de um mobile para outro de graça ou por preço reduzido, desde que ambos os telefones estejam com a mesma operadora.

Pergunta frequente: Vale a pena trazer meu Celular do Brasil para a Austrália. Resposta: NÃO.

Códigos telefônicos da Australia: (xx) 61 - Código telefônico dos Estados: Queensland: 7; New South Wales: 2, Canberra:2, South Australia: 8; Victoria: 3; Tasmania:3; Northern Territory: 8, Western Australia: 8. Exemplo: Para ligar de fora da Austrália para Brisbane por exemplo, a pessoa deverá discar: (xx) Código de sua operadora +  (61) Código da Austrália + (7) Código de Brisbane + o telefone desejado. Note que para ligar de um estado para o outro dentro da Austrália, deve-se colocar um "zero" na frente do código de área. Exemplo: Ligando de Sydney para Brisbane, tecle (07) + o número do telefone. Para ligar da Austrália para fora, deve-se discar antes 0011 seguido do código do país, cidade e telefone.

Internet na Austrália: A maioria da escolas de inglês, todas as universidades e cursos para estudantes internacionais, oferecem o uso da internet grátis para os alunos, incluindo acesso a e-mail. De qualquer forma, para quem pretende ter Internet em casa, várias companhias oferecem Internet pré-paga (pre-paid), discada (Dial up) e banda larga (Broadband). A conta mensal para 10 GB de download em Broadband sai mais ou menos por A$ 45co.

Cinemas na Austrália:  Os cinemas estão dentro dos Shopping Centres e são do tipo que tem várias salas de projeção passando diversos filmes diferentes. O preço do ingresso para adulto é de  A$ 13,00. Estudantes (mostrando carteirinha) pagam A$ 10,00. Terças-feiras é o dia de desconto, com preço único de A$ 8,70

Televisão Australiana: Salva-se o canal  SBS com programação cultural e diversos documentários interesantíssimos feitos pela BBC, aliás, para ver futebol, esse é o canal. Aos Sábados à tarde, jogos e resenhas de todas as partes do mundo são mostradas, inclusive do Brasil e Portugal. Os demais canais, oferecem programas sobre jardinagem, como cuidar de bicho de estimação, como emagrecer, como pagar a casa própria mais rápido, enlatados Americanos e Ingleses, e por aí vai,  tudo muito boring. Para notícias, o SBS tem um jornal mais global, e volta e meia com fatos sobre a América do Sul e Europa. Os demais são totalmente comprometidos com notícias locais.  De vez em quando passa um filme atual. Aos Sábados tem corrida de carro, e aos Domingos,  jogos de Cricket e Rugby quase o dia todo, um verdadeiro pé no saco do telespectador tupiniquim (também quem manda estar em casa na Austrália em um Sábado ou Domingo). O jornal local, diariamente mostra as condições de Surf, Meteorologia e pesca, para toda da cidade e região.

Rádios Australianas (Gold Coast): A " Triple J" é a que toca mais Rock de bandas locais, novas e alternativas. É uma rádio voltada para os adolescentes. Já a " Sea FM" toca Rock de várias épocas, inclusive o clássico. Como todas as rádios do mundo, repetem muito as músicas, e chega a enjoar. Outras rádios tocam alguma coisa para outras preferências musicais. Um rapaz de 17 anos me disse que a 104 é irada, mas a grande verdade é que você é que vai ficar irado com ela. Em Sydney e algumas outras cidades, passam programas de todas as linguas inclusive um em Português comandado por Brasileiros. Vai ao ar todas às sextas, das 11 ao meio-dia, na 97.7 FM. Chama-se "Conversa Fiada" e toda a semana tem talkback e distribui brindes (Rádio SBS).

Gorota, você quer o número do meu telefone?
Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.