Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Austrália:
  Artes
  Bancos
  Carros
  Comida
  Comunicações
  Custo de Vida
  Esportes
  Governo
  Hábitos
  História
  Hobbies
  Jeito de ser
  Leis
  Os Aborígenes
  Os Europeus
  Os Imigrantes
  Padrão de Vida
  Segurança
  Seguros
  Transportes

 

 

Link Patrocinado

Economia
 da
Austrália

 A Economia Australiana vai bem obrigado! Isso é o que o governo sempre fala, e não deixa de ser verdade. Nos últimos 7 anos a economia e qualidade de vida dos australianos têm melhorado ano após ano, apesar de que em 2005 deu um esfriadinha e uma estagnada nos salários. O nível de desemprego porém continua muito baixo com muitas ofertas de trabalho.

As exportações australianas também continuam fortes, com a mineração como carro chefe devido as enormes jazidas de minerais que tem, e pela demanda mundial. A produção agrícola diminuiu devido a fortes secas enfrentadas nos últimos dois anos, sendo que a exportação de carneiros foi uma das mais afetadas. Produtos manufaturados australianos têm seus contratos garantidos com os EUA, Japão, e alguma coisa de Europa, e não tiveram muitas flutuações de vendas. A maior novidade, tem sido a invasão no mercado australianos de produtos Made in China, que ano após ano está inundando prateleiras de lojas. Esses produtos estão com boa qualidade, e com preços bem abaixo do que seria possível produzi-los na Austrália. Apesar do grande patriotismo australiano em dar preferência ao produto nacional, por questões de economia muitos estão aceitando cada vez mais os produtos importados. Como consequência, a balança comercial anda cada vez mais no vermelho para a Austrália.

No turismo também ocorreram mudanças, com o fluxo mutando dos locais tradicionais, para locais mais baratos e menos comerciais. Como exemplo, a Gold Coast que era um dos maiores destinos turísticos da Austrália, vem perdendo terreno para Cairns, além do que, o tempo de permanência dos turistas nas grandes cidades tem diminuido em função dos custos. Em contrapartida, o mercado de estudantes internacionais que vêm para a Austrália concluir diversos tipos de cursos, tem elevado a indústria à nível de quarta mais importante da Austrália. Já ultrapassou de longe a exportação de ovelhas e produtos agrícolas. Com o estudante internacional, vem o turismo que ele faz, os parentes que o visitam, (que também gastam em tours, hospedagens e alimentação). Hoje, essa indústria movimenta bilhões de dólares que entram nos cofres australianos, que a cada ano continua crescendo. 

O mercado interno deu um tempo em 2005, mas apesar da estabilização dos preços de imóveis, ainda vendeu-se muitos. Essa esfriada, no ponto de vista do não-economista que vos escreve, deve-se aos gastos excessivos feitos em 2004, ou seja, tem ainda muita gente devendo no cartão e outros empréstimos bancários, e só quando essas dívidas forem quitadas, é que a economia deverá voltar a deslanchar de novo.(entenda como se endividar de novo). Apesar de uma ligeira queda na venda de carros novos e construção de novas casas, a inflação continua abaixo dos 2% ao ano, com taxas de juros para empréstimos em torno de 4,5 % ao ano. As taxas do cartão de crédito estão por volta dos 10% ao ano. Alimentos não tiveram aumentos significativos em 2006, mas os aluguéis subiram cerca de 10%. Mas o mais importante de tudo, é que a oferta de empregos continua forte.

Por causa do calor, muitas casas perto de Minas são subterrâneas.
Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.