Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Austrália:
  Artes
  Bancos
  Carros
  Comida
  Comunicações
  Custo de Vida
  Economia 
  Esportes
  Governo
  Hábitos
  História
  Hobbies
  Jeito de ser
  Leis
  Os Aborígenes
  Os Europeus
  Os Imigrantes
  Padrão de Vida
  Segurança
  Seguros
  Transportes

 

 

Link Patrocinado

Padrão de Vida
 na Austrália

 O Padrão de vida na Austrália é alto que nem o Luizão, já que a mixaria mínima oficial é de mais de A$ 14 por hora trabalhada. Claro que o custo de vida também e alto como o Ricardão, mas acontece que o Luizão é mais alto que o Ricardão, e no final acaba sobrando alguma coisa pro Rogerinho. Mesmo com essa mixaria, da para viver direitinho sem luxos, mas dá. Tem também o Centrelink, que é a previdência social australiana, e que garante aos desempregados um mínimo de A$ 800 por mês até que consiga um emprego. Existem outros benefícios que o Centrelink dá, como por exemplo auxílio aluguel, mas isso é assunto para outra página. Um casal de classe média com nível superior e emprego full-time (ambos), tiram uma por ano cerca de A$ 90 mil, ou mais ou menos A$ 7.500 por mês bruto. Descontados os impostos (35%) ainda sobram A$ 59 mil na mão para gastar. A prestação da casa ou aluguel, levam mais A$ 15 mil por ano, e a comida, gasolina, vestuário, contas, etc uns outros 25 mil. No final ainda sobram A$ 19 mil pra botar na poupança, fazer viagens, trocar de carro, comprar pipoca, ou o diabo que quiserem fazer com o dinheiro.

O fato é que vive-se muito bem na Austrália, e tomara que continue assim, porque a grande ameaça no momento, é que os empregos fixos de 40 horas por semana cada vez mais estão dando lugar aos empregos casuais ou de meio expediente. Com um salário de A$ 25 mil por ano (o mínimo), um casal sem filhos vive na bucha, sem sobrar grana para guardar. Existem pobres na Austrália, que são aqueles que ganham entre 10 mil e 25 mil, mas não existem mendigos. Tem muita mãe solteira que sustenta 2 ou 3 filhos com um salário mínimo, e passa muito sufoco, principalmente se tiver que pagar aluguel que leva metade dos 25 mil. De qualquer forma tem o básico para viver dignamente. Comparando com outros países, ser pobre na Austrália é mais fácil de sobreviver, pois existem serviços públicos que lhe ajudam.

Nota do autor: Já vi mendigos nas ruas, mas são ou doidões, ou pessoas que se recusam a trabalhar, ou ainda, estão aposentadas pelo governo por incapacidade física ou mental. Muitos vivem nas ruas até mesmo como opção. Legalmente a polícia não pode remover pessoas das ruas, salvo se esta pessoa constituir uma ameaça física ou sanitária à população. 

Muitos australianos devem até as calças, porque o australiano é um consumidor desenfreado. Os australianos têm um dos maiores débitos no cartão de crédito no mundo, e continuam a gastar. Basta ir em qualquer shopping seja dia de semana ou não, que parecem cupins em madeira, tal a voracidade de comprar. Os mais coroas não são tão consumistas, mas os mais novos em sua maioria são, incluindo australianos com mais de 16 anos, e que passaram a receber mesada do governo. Eles detonam tudo no shopping.

Nota do Autor: Ao completar 16 anos, e se o jovem continuar estudando, o passa a receber cerca de A$ 400 por mês do governo, a título de ajuda de estudo. Por isso muitos jovens de 17 anos já moram sozinhos, dividindo apartamento com outros amigos, e complementando o orçamento com um bico aqui e ali.

Ricos, existem muitos na Austrália, principalmente em Sydney e Melbourne, e põe rico nisso. Na verdade tem gente rica ou ficando rica em todos os lugares da Austrália. Um dos motivos, são as heranças dos pais, que outrora compraram imóveis baratos em áreas em desenvolvimento, e esses imóveis valem fortunas. Só para se ter uma idéia, uma área à beira mar na cidade de Noosa, na Sunshine Coast em Queensland, que foi comprada em 1964 por A$ 25 mil, hoje vale A$ 12 milhões. Na época ninguém queria, porque nem estrada direito tinha, mas hoje pode ser vendida por essa quantia na hora que o dono bem entender. Vai ter uma lista enorme de interessados em comprar. Na Austrália, nos referimos a estas pessoas como "Rich in Assets" ou seja, a pessoa não tem muita grana no banco, mas é rica em suas posses e propriedades. Essa parcela constitui a maioria dos ricos da Austrália.

Na Austrália toda casa sem exceção têm geladeira, fogão, microondas, TVs e aparelhos de som e vídeo e agora DVd. Quem não tem, é porque não quer ter (como o meu pai, que acha que microondas dá cancer), pois com um dia de trabalho, qualquer australiano compra um micro-ondas último modelo na loja. A maioria esmagadora da população ainda mora em casas de 3 quartos, com garagem para um ou dois carros. De qualquer forma, em todas as cidades de porte da Austrália as pessoas cada vez mais estão aderindo aos apartamentos. O custo do terreno nessas cidades bateu na lua, e quando um bom terreno é posto à venda, a corrida de construtoras para arrematá-lo e construir prédio e enorme. Normalmente lançamentos imobiliários são vendidos em sua totalidade antes mesmo de iniciarem a construção.

No entanto ganhar muito dinheiro trabalhando e ficar rico, é uma coisa muito difícil. Quanto mais se ganha, a taxação de impostos também aumenta, mas esse não é o problema principal. O difícil é encontrar uma brecha no mercado onde crescer, pois já estão ocupadas pelos grandes. A competição é ferrenha. Onde tem grana grossa, tem gente graúda na área, e eles fazem de tudo para derrubar e ficar com a fatia do bolo só prá eles. De qualquer forma, ainda é perfeitamente possível começar um negócio do zero na Austrália e se tornar um milionário, ou, se capacitar para chegar como muitos diretores de empresas, à ganhar 2 ou 3 milhões de dólares australianos por ano. Em tempo, o Primeiro Ministro da Austrália ganha em torno de A$ 200 mil por ano.

Luizão chegou ao topo na Austrália em apenas 2 horas e 45 minutos.

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.