Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Cidades:
  Brisbane
  Byron Bay
  Cairns
  Canberra
  Capricorn Coast
  Fraser Island 
  Geelong
  Gold Coast
  Hervey Coast
  Melbourne
  Newcastle
  Northern Territory
  Perth
  Sunshine Coast
  Sydney
  Tasmania
  Townsville
  Whitsundays

 

 

Link Patrocinado

              Adelaide

Clique aqui para previsão do tempo em Adelaide

 Pelas estatísticas do serviço de meteorologia, o estado de South Australia pode ser considerado um dos mais secos do país. Com excessão da região que beira o mar, e por alguns vales que circundam a cidade de Adelaide, o restante Norte e Oeste do estado é composto por desertos até a fronteira com o Northen Territory. Em contrapartida, o clima seco, tornou esse estado famoso mundialmente pela qualidade das uvas e vinhos que produz. As regiões de Barossa Valley, Coonawarra e várias outras menos famosas, são conhecidas nos 4 cantos do planeta pela excelência na fabricação de vinhos que são muito apreciados pelos mais respeitados "Somelieurs". Adelaide situa-se no paralelo 35º S à beira-mar do St.Vincent Gulf, e é servida tanto por boas estradas ligando outras capitais de estado, quanto por linhas aéreas diárias e ferrovias que rasgam o deserto tanto para o Norte, quanto para o Oeste (Perth) e também para  Melbourne (750 km para Leste). Adelaide é a cidade com o menor custo de vida na Austrália.

 A cidade é muito bem planejada, e ao contrário de outras metrópoles Australianas, conta com um estilo de vida extremamente calmo. Adelaide é totalmente plana, ótima para ser percorrida de bicicleta, extremamente segura, e sem engarrafamentos de trânsito. O tipo de urbanização, acarretou uma situação de vida onde tudo é fácil, principalmente a locomoção pelas ruas e quarteirões ultra bem planejados, que dão uma graça e um ar todo especial a cidade. Todo o arredor, bem como o centro, é bastante espaçoso, sendo que a cidade é literalmente cercada por vastos jardins floridos e parques, em qualquer parte que você estiver. Construções antigas e modernas, saltam a vista do visitante pelo tipo de arquitetura. Igrejas no estilo Vitoriano do século passado, foram construídas com bloquetes de pedras em suas paredes e interior, e apresentam estruturas bastante interessante e harmoniosas. A King William Street (foto acima), é a rua principal, que corta a cidade ao meio de Norte para o Sul, sendo a Victoria Square bem no centro, o coração da cidade.

.

Adelaide conta com cerca de 1 milhão e meio de habitantes, e era considerada conservadora, por habitantes de outras cidades, mas não foi nada disso o que vimos em Adelaide, muito pelo contrário, achamos a cidade muito dinâmica, descontraída, e moderna, tanto quanto Sydney ou Melbourne ou qualquer outra cidade de porte. O número de Restaurantes, Boates, Galerias de Arte, Shoppings, e diversão para todas as idades, é bastante grande. Existem galerias imensas, onde o turista poderá explorar comidas e pratos de praticamente todos os países do mundo. Os mercados são considerados os melhores de toda a Austrália com legumes e verduras de diversas culturas e os festivais de música são frequentes, atraindo artistas nacionais e internacionais. Os habitantes de Adelaide são bastante prestativos, gentis e hospitaleiros, talvez até mais do que outros centros que estão mais acostumados à receber turismo em massa. A periferia da cidade e a própria orla marítima, tanto para o Norte, quanto para o Sul, oferecem ótimos passeios e boas praias, com muito Surf para os adeptos do esporte. A Yorke Peninsula, e o point de Pondalowic , têm as melhores ondas para Surf no estado, e viajando-se um pouco mais para Oeste pela rodovia principal até a Eyre Peninsula, outros bons locais para Surf podem ser encontrados. O Point Sinclair é o mais famoso deles. 

Adelaide é cortada de Leste para Oeste pelo Rio Torrens compondo um "T" com a King Willian Street. Em ambas as margens do rio, o visitante irá encontrar belíssimos parques e muitos locais espetaculares para momentos de lazer. Aliás, esse é um dos passatempos preferidos dos habitantes. Seja um picnic com a família ou amigos nos fim de semana (Foto acima) onde pratica-se esportes e jogos, ou cantam e tocam músicas, tudo regado com um bom vinho local e o famoso "Australian Barbie" (churrasco). O Rio Torrens proporciona diversos tipos de atividades aquáticas, sendo o remo um dos mais praticados. Competições à nível nacional acontecem a cada ano. Um outro local à beira do rio que merece uma visita, é o Jardim Zoológico, com diversas espécies Australianas como Cangurus, Coalas, e muitos pássaros nativos em exposição. Complementando o Zôo, o Botanic Gardens, é um colírio para os olhos e amantes de plantas e flores, a maioria da flora Australiana.

 Perto de Adelaide - Dirigindo uns 20 e poucos minutos para fora da cidade, uma visita à noite ao Mt.Lofty (770m) não deve ser perdida. Do alto, avista-se toda a cidade, suas luzes e um espetacular efeito de iluminação. O Barosa Vale com suas vinículas é outro tour de 1 dia que agrada muito. Outro passeio de 1 dia que também não deve ser perdido, é para a Fleurieu Peninsula (foto), ao sul de Adelaide. Lá os Surfistas irão encontrar boas ondas para a prática do esporte, e para os que não surfam, ótimas praias para banho se estendem por toda a região. Na ponta da Península em Port Jervis, os aficionados por vôo livre têm um local bastante frequentado por térmicas e voadores de toda a Austrália. 

Atravessando cerca de 10 km de canal por excelente sistema de barcas, (ou avião se desejar) o turista chegará na Kangaroo Island. Esta ilha, é a terceira maior da Austrália, e concentra uma grande quantidade de belíssimas praias, parques nacionais, e ótimos lugares para mergulho. Vale a pena passar no mínimo 2 dias nessa ilha, sendo que o ideal para conhecer tudo, seriam 7 dias. Acomodação, restaurantes, aluguel de equipamentos para mergulho, pesca ou surf, não são problemas na ilha. De volta ao continente, e viajando-se para a Costa Oeste em direção à Perth, encanta pela selvageria de suas praias. Todas são muito bonitas porém perigosas, com rochedos e correntes que recebem ondas gigantescas quando tempestades se formam perto da Antártica. Colônias de focas podem ser observadas em diversos locais. Voltando para a cidade e viajando-se para Leste na direção de Melbourne, você irá cruzar o Murray River (o maior rio da Austrália). Lá, você verá um dos rios mais bonitos do mundo, com paisagens bucólicas, daquelas que merecem virar pintura em um quadro. Existem fazendas ribeirinhas antigas, com maquinário do início do século, cuja exposição ao tempo, fez da ferrugem, o contraste ideal para fotografias. Silos para a armazenagem de alimentos, carroças, e casarões no estilo Inglês, compõem o restante do cenário. Barcos estão à disposição para passeios ou aluguel, sendo a House Boat (barco-casa) o mais popular dentre os que viajam rio acima ou abaixo.

Mas qualquer que seja o motivo de sua viagem para a South Australia, uma coisa não pode deixar de ser vista. São as Flinders Ranges. Essas formações rochosas,  cortam o Estado de Sul para Norte até os desertos no Northen Territory. São circulares, em forma de grandes anéis, remanescentes de crateras de vulcões há muito extintos. Sem dúvida, são as mais belas formações rochosas em toda a Austrália. Vale a pena gastar dinheiro para ver do alto de helicóptero. É absolutamente imperdível, e difícil de descrever. Um paraíso para fotógrafos, ecologistas, pintores, aventureiros, excursionistas e todos aqueles que adoram paisagens impressionantes. O local é lotado de vida animal e sítios Aborígenes com pinturas em pedras, além de muitos lagos de água salobra entre as escarpas e montanhas.

  O Estado de South Australia é muito bonito e muito legal de se explorar, mas de preferência fora do inverno, pois pode esfriar bastante. Por ser pouco divulgado, esconde uma enormidade de cidadezinhas belíssimas, locais pristinos e de beleza inigualável. Sem dúvida demanda vários dias de viagem para conhecer algumas de suas preciosidades.

Veja mais...

A bela e escarpada Bunda Cliff na costa (não confundir com nas costas) da South Australia.

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.