Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Vistos:
  Visto de Turista
  Visto de Estudante
  Visto de Trabalho
  Visto Negado
  Renovar Vistos
  Imigrar Australia
  Obter Cidadania
  Agentes-Imigração
  Nível por País
  Ficar Ilegal
  Vistos-Dicas
  Vistos-Links
  Vistos-F.A.Q.
  Vistos-Noticia

 

 

Link Patrocinado

Dois
Passaportes
para entrar 
na Austrália

  Atenção: Todas as informações contidas neste tópico servem somente como um guía, e podem estar desatualizadas. O Departamento de Imigração da Austrália constantemente modifica e atualiza suas normas e requerimentos para praticamente todos os tipos de vistos. Para informações corretas e atuais, consulte diretamente o website oficial da Imigração Australiana (em Inglês).

Se você possui outra cidadania, e seu outro país figura como Nível 1 conforme o Governo Australiano estipula, você é um afortunado. Mande fazer logo seu outro passaporte que as vantagens são muito grandes. Portugueses, Italianos, Alemães, e muitas outras nacionalidades largamente encontradas no Brasil, fazem parte desse time seleto. Além de poderem se aplicar para o visto diretamente pela internet (o que no final sai mais barato), as regalias são bem maiores, principalmente no que diz respeito aos vistos. (Veja qual o Level of Assessment ou nível de seu país).

Para começar, o cidadão desses países podem se aplicar para o Visto de Turista e para Working Holiday Visa e poderão trocar ou estender vistos sem precisar sair da Austrália. Isto porém, não isenta o candidato de seguir as regras para a solicitação de Vistos, e a apresentar os documentos requisitados pelo Departamento de Imigração da Austrália, incluindo a mostra de suporte financeiro adequado para bancar a viagem ( mas nível 1 tem que mostrar bem menos e pode fazer pela internet). De qualquer forma, só o fato de não ser obrigatório frequentar um curso para poder trabalhar, já é um grande passo se o seu objetivo for trabalhar. Com um Working Holiday Visa, o candidato só estuda se quiser (no caso o curso teria que ter duração inferior à 12 semanas ou um Student Visa se faria necessário), e se cursar por menos de 12 semanas, não tem obrigações nem de frequência às aulas, nem da limitação de cursos classificados como CRICOS para estudantes internacionais. Ou seja, a pessoa poderia efetuar cursos de 1 ou 2 semanas, para trabalhar full time como Bar attendant, Camareiro de Hotel, Waitress, e muitos outros de curta duração voltados para a mão de obra que a Austrália mais precisa, e que não estão disponíveis para portadores de visto de estudante (a não ser que faça 2 cursos ao mesmo tempo, um CRICOS e outro não). Depois, passeia um tempo, pega um trabalhinho aqui, outro acolá, estuda mais um pouquinho (se desejar), passeia mais, viaja a Austrália toda trabalhando em cada birosca que oferecer emprego, e por ai vai (mas para trabalhos qualificados vai ter que ter uma licença).

Nota: É possível chegar na Austrália com um passaporte e na hora de renovar mostrar o outro passaporte, explicando o motivo à imigração.

O detalhe do Working Holiday Visa, é que tem limitação de idade (18 a 30 anos), e tem que ser solicitado fora da Austrália, precisando mostrar a passagem de volta, e o máximo que pode ficar em cada trabalho é 3 meses( podendo renovar por 2 anos se trabalhar na regional Australia).

As pessoas com os seguintes passaportes podem se aplicar de qualquer país que estejam residindo (menos da Austrália), United Kingdom, Canada, Netherlands, Republic of Ireland, Sweden, Denmark, Norway, Finland, Italy, France , Belgium. Outros paises como Bangladesh,Indonesia, Malaysia, Turkey and USA podem tr o visto mas com algumas regras diferentes.

Algumas vantagens do visto WHV é que podem também mudar de visto, por exemplo: uma pessoa chegou com um Working Holiday Visa e depois quer se matricular num cursos de mais de 3 meses de duração ou quiser frequentar numa Universidade, a pessoa pode fazê-lo sem precisar sair da Austrália, fazendo a aplicação de praxe junto ao departamento de Imigração (pela internet). Algumas exceções são para os países: Japao, Malta, Cyprus, Korea, Germany que terão que se aplicar no próprio país de residência (mas verificar, pois as regras estão mudando sempre). 

Chile, Argentina e Uruguai tem acordos com Austrália para o Working Holiday Visa mas com regras especificas. Portugual e Israel em 2014 tem com acordos com a Australia para o WHV.

  site oficial Australia Immigration

 

Querido, hoje à noite você me quer como Portuguesa ou Brasileira, hein amoorrrr?

- Não importa, depois dessas biritas todas eu vou é dormir!

 

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.