Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Nova Zelândia

  Nova Zelândia

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Nova Zelândia Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópico: Diversos
  Artigos Diversos
  Animais Perigosos
  Cassinos e Loterias
  Clima da N.Zelândia
  Desastres Naturais
  Dicas Gerais
  Dicas Femininas
  Dicionário KIWI
  Fauna da N.Z.
  Flora da N.Z.
  Info-úteis
  Jornais Online

 

 

Link Patrocinado

Surf na
Nova Zelândia

O Surf na Nova Zelandia não é dos melhores do mundo, mas mesmo assim tem muita onda boa. O mais problema não é a falta de bons points ou breaks, tão pouco de swell, mas sim da conjunção das condições ideais como vento favorável, direção da ondulação, e da maré. Muitas vezes um lugar espetacular como Reglan, pode estar completamente desfigurado por um vento Sudoeste forte, e que pode perdurar vários dias até que o sweel diminua de tamanho, e ficar flat novamente. Em outras palavras, o mar subiu, ficou grande, o vento estragou tudo, o mar desceu, e a gente ficou a ver carneirinhos (literalmente dentro e fora d'agua).

Uma outra coisa que atrapalha muito o Surf na Nova Zelândia, é a temperatura da água do mar. É coisa prá Foca e Pinguin nenhum botar defeito. Além de doer o osso, se você for homem e for surfar as enormes ondas de Invercargill, caso sinta vontade de fazer xixi não vai encontrar "a mangueira" de tão encolhida que a dita vai estar. Roupa de borracha completa incluindo luvas, meias e capuz, são absolutamente necessários em certas épocas do ano, principalmente na Ilha do Sul. Por lá quando a temperatura da água encosta nos 10 graus Celsius, cada tubo que você pegar terá aplauso de uma calorosa platéia de pinguins, isso se não levar um pega de uma foca, que o fara entrar no carro rapidamente em frenética perseguição areia adentro até o estacionamento. Se cair da onda, alegres tubarões brancos com o dentes limpos e brilhosos, poderão arriscar uma mordidinha, para testar o seu tempero. 

No verão na Ilha do Norte, alguns intrépidos e intrépidas surfam sem roupa de borracha, mas de qualquer forma uma jaqueta de borracha (Rashvest) ajuda a manter a mente funcionando, e o vento frio de lado. Durante o Verão na Ilha do Norte, a temperatura varia entre os 14 e 19 graus. No Inverno, entre 13 e 15. Já na Ilha do Sul, o Verão traz águas entre 13 e 15 graus, e no Inverno a temperatura varia entre congelantes 10 e 12 graus.

Nota Importante: Devido a temperatura baixa, e isso varia de pessoa para pessoa, a Hipotermia pode afetar uma pessoa em menos de uma hora em águas de 10 graus, mesmo usando roupa de borracha. A Hiportermia pode causar vários danos à saúde incluindo deficiencia circulatória, desmaios, e até mesmo a morte. (tanto no mar quanto nos Alpes). A dica é sair da água de tempos em tempos, não só para descansar, como também para se esquentar. Outra coisa, a água fria é bem mais compacta que águas tropicais, e isso quer dizer que uma onda de 5 pés na Ilha Sul da Nova Zelândia, pode ter a força de uma onda de 9 pés no Havaí. Um lip na cara pode equivaler a um bom tapa de mão aberta, daqueles de deixar o rosto completamente vermelho e dolorido.

A grande maioria dos Surfistas da Nova Zelandia, são pessoas educadas dentro d'agua, e observam de quem é a vez de dropar na onda (como uma fila). São pouquíssimos os lugares onde o clima é pesado, ou exista forte localismo. É aquela velha história do respeite para ser respeitado, e nesse caso, basta não enrrabar ou entrar na onda de alguém que seja o da vez, que provavelmente você terá seu lugar na geladeira, digo, ao Sol. Claro que volta e meia encontra-se um bossal achando-se dono do mar, mas isso acontece em qualquer lugar. Na Nova Zelândia a incidência é muito menor, e é mais provável que as pessoas puxem assunto com você dentro d'agua, ao invés de hostilidades.

Pelo fato da Kiwiland ser pouco populada, basta sair dos centros urbanos, que é possivel até mesmo surfar sozinho(a) ondas muito boas (claro que tubarões e focas poderão achar você um ser muito solitário e resolver chegar perto de sua pessoa). Ainda existem muitos lugares de difícil acesso como o East Cape, onde surfar com mais gente por perto chega a ser uma dádiva divina, tal o isolamento do lugar. Existem muitos picos ainda secretos (ou quase) mas que por quebrarem só uma ou duas vezes por ano, somente Kiwis profundos conhecedores sabem quando vale a pena ir até lá. Um dos pontos importantes, é que sem carro sobram poucos lugares a serem surfados na Nova Zelândia. A maioria dos picos são em locais onde não tem transporte público fácil, ou as vezes não tem nenhum mesmo, e isso faz do carro a ferramenta surfística mais importante depois da prancha, da parafina, e do dinheiro para colocar gasolina no bendito. Surfista sem carro na Nova Zelândia, é o mesmo que barco a vela sem velas ou motor. Simplesmente não anda sobre as ondas.

Pergunta Frequente: Vale a pena levar prancha ou comprar la?
R.: Se você já tem uma boa prancha e sua Cia aérea não cobrar pelo transporte, vale a pena levar. Uma prancha nova custa entre 450 e 600 NZ$ dependendo da grife. Uma usada custa à partir de NZ$ 150 (já cansada), e as usadas entre boas e ótimas condições custam entre 200 e 350 NZ$. Qualquer loja de Surf na NZ vende pranchas novas e usadas além de aceitarem trocas. 

Os locais mais surfísticos da Nova Zelândia são:

  • Ilha do Norte

Ao Norte de Auckland (Northland) Na região de Wangarei tem onda para os dois lados. Ocean Beach e Mangawai são as melhores. Se estiver flat, o melhor é tentar a Costa Oeste na Bailys Beach, que sempre tem alguma merréca surfável. Se lá estiver muito grande, vá para Kaitia surfar as esquerdas do Shipwreck, que é quase tão longa quanto Reglan, mas que precisa de um SW swell muito grande para quebrar.
Ao redor de Auckland Auckland não tem onda, pois fica dentro de uma baía protegida. Piha é a praia com ondas mais próxima (45 minutos de carro) e sempre tem alguma coisa surfável apesar de quando está bom tem bastante gente também. Outras praias nas imediações de Piha, como Muriwai, tem acesso mais difícil mas são crowd-free.
Coromandel Peninsula Em menos de duas horas de carro de Auckland você terá acesso à várias praias da Coromandel Peninsula. O Trecho entre Pauanui e Whangamata, é o que reune a maior quantidade de picos, em sua maioria Beach breaks. Tem muita onda boa, mas nada de espetacular, o que só acontece um par de vezes por ano. O ponto alto da peninsula do Coronel, digo, Coromandel, é que as praias são muito bonitas, mas em compenssação a estrada parece uma minhóca de tão sinuosa e lenta.
Bay of Plenty Mt. Maunganui tem vários tipos de onda em sua maioria Beach Breaks, além de um semi-point de direita na Main beach.  As ondas por lá não são muito regulares, e dependem de um sweel acertado. De qualquer forma sempre tem alguma coisa para desafiar a hiportemia e treinar tombos acrobáticos. Em frente da Tay Street, estão construindo um recife artificial, que apesar de não ter tido 100% de aprovação da população local, produz alguma coisa boa nos arredores e nos bancos de areia que formou. Mas adiante ao longo da praia, até Papamoa Beach, picos isolados podem estar excelentes se os bancos de areia contribuirem. A Ilha de Matakana, tem a melhor onda (todo mundo diz, mas em 7 anos nunca vi aguilo bom), mas o acesso tem que ser de barco, ou atravessa-se a entrada da barra à nado, e depois caminha-se uma meia hora até o point (?).
Wakatane & East Cape Em frente da barra de Wakatane tem ondas excelentes, mas só quebra uma ou duas vezes por ano. Numa praia do outro lado da ponta tem um beach break que as vezes tem ondas boas. Toda a EasT Cape tem muitas praias e points com ótimas ondas, mas precisa de sweel grande o que é incomum, e foi por isso que o capitão Cook chamou o local de Baía da Plenitude (Bay of Plenty) ao invés de Plenty of Waves, ou ondas de montão. Se tiver onda, a pessoa provavelmente surfará as melhores ondas da vida, sozinha ou no máximo com 5 humanos + os de dentuços de dentro d'água.
Gisborne  Talvez um dos melhores e mais consistentes locais para Surf na NZ. Tem muitas praias com excelente Surf e um point na ponta de uma ilha de altissímo nível. Tem onda desde para iniciantes, até para surfista casca grossa. As melhores ondas estão ao Norte da cidade, mas ao Sul até Napier tanbém tem um ou outro bom beach break isolado. Quebra melhor no Inverno. Atenção: Reispeite os locais que serás respeirtado(a).
Raglan É uma cidade bem pequena que fica perto de  Hamilton. Tem a melhor esquerda da NZ em 3 points em sucessão: Many Bay, Whale Bay e Indicators.  Os points não ficam na frente da cidade, mas uns 10 Km ao Sul da mesma. A onda é de esquerda, bastante poderosa, quebrando num fundo mixto de pedra e areia, e é um sonho de surfar de tão longa e perfeita que é. Quando está clássico tem mais surfista dentro d'agua que ovelha na terra. Veja aqui uma página sobre Raglan.
New Plymouth & Taranaki Igualmente à Gisborne, a região tem muitos Beach Breaks e alguns points breaks, espalhados por praias tanto ao Norte quanto ao Sul da cidade. Recebe sweel grande no Inverno, mas quase sempre durante o verão tem pelo menos alguma coisa para surfar. Boas ondas, com ótima formação, tanto para iniciantes quanto para intrépidos. 
Wellington Wellington fica dentro de uma baía, e por isso não tem onda. Mas do outro lado do morro perto da cidade, a região recebe sweel grande de tempestades da Antartida e Sul da Tasmania. Lyall Bay é a que tem as melhores ondas, mas também é a mais concorrida incluindo algumas cenas de porrada dentro d'agua. Muitas outras praias na região oferecem bom surf, mas como dissemos antes, precisa estar de carro para checar todas elas. A água é bastante fria, e o vento um pentêlho.
  • Ilha do Sul

Nelson Nelson também fica dentro de uma baía e não tem onda (ter tem, mais só quebra com bom tamanho umas 4 ou 5 vezes por ano), De qualquer forma para a esquerda na parte Oeste da ilha do Sul, tem muitos beach breaks e um point de esquerda muito bom.  As ondas na costa Oesta são bastante desconhecidas da maioria por falta de estradas.
Kiakoura 20Km Norte de Kiakoura tem um point de direita muito bom chamado Maungamanu. É dificil de ficar grande devido ao ângulo do sweel. Ao Sul de Kiakoura, Kahutara é um point de direita mais perfeito e também com onda maior.
Christchurch Muitas praias com surf, mas além da água gelada, focas e algas, o intrépido (e congelado) surfista dificilmente vai pegar ondas extraordinarias por lá.  De qualquer forma dá para uma brincadeira de frigo-bar.
Dunedin Toda a costa desde Christchurch até o Sul da NZ é a preferida pelos tubarões brancos. Um surfista é facilmente confundido com uma foca que abunda na região. Aramoana é uma dessas praias nos arredores da Banks Peninsula, e que de vez em quando quebram ótimas ondas. Allans Beach, meia hora de Dunedin também tem boas ondas, mas tem muitas algas e as focas atacam os surfistas inclusive com inconvenientes mordidas. A praia de Surf mais famosa no perímetro de Dunedin chama-se St Clair. Tem ondas razoáveis mas também um bom crowd, pois o transporte é facil e barato ate lá.
Invercargill  Água extremamente fria, mas ótimas ondas inclusive para surfistas de ondas gigantes. A área tem pouquíssimos surfistas, e um batalhão de pinguins, focas, dentuços brancos, além de um clima bastante acinzentado. Entre Invercargill e Dunedin tem muitas praias com ótimas ondas, porém muito isoladas. Cuidados com hiportermia, ataques de tubarões e correntes, são a regra para surfar no local. Coisa para intrépido mesmo.
Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |                                     

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.