Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Nova Zelândia

  Nova Zelândia

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Nova Zelândia Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópico: Nova Zelândia
  Artes e Cultura
  Bancos da NZ
  Comida na NZ
  Comunicações
  Carros na NZ
  Custo de Vida
  Economia da NZ
  Esportes na NZ
  Governo da NZ
  Hábitos Kiwi
  História da NZ
  Hobbies Kiwi
  Jeito de ser
  Os Europeus
  Os Imigrantes
  Os Maoris
  Padrão de Vida
  Leis da NZ
  Segurança
  Transportes

 

 

Link Patrocinado

Seguros na
Nova Zelândia

 Os Kiwis são tão segurados, que tem gente que paga seguro para pagar o outro seguro caso fique desempregado por exemplo. A razão é que construir patrimônio na Nova Zelândia é difícil, e qualquer sinistro com certeza vai deixar o proprietário com um olhar mais sinistro ainda, e sem condições de pagar. Ainda mais pelo fato da NZ ser sujeita a terremotos, erupção vulcânica, tsunamis, enchentes, ciclones, nevascas, deslizamentos de terra, isso sem falar dos políticos que podem ser piores do que tudo acima junto. Como 80% da população ganha na bucha pra sobreviver, não existe outra forma de ter um pouco de tranquilidade sem um bom seguro. Pelo menos seguros na Nova Zelândia não são tão caros como na vizinha Austrália, e todos conseguem pagar. Se você esta indo morar, estudar, ou simplesmente passear na Nova Zelândia, os principais tipos de seguro estão descritos abaixo. 

Muito importante: A Nova Zelândia estabeleceu em 1974 o chamado ACC ou Accident Compensation Comission, cuja finalidade principal era tirar a carga do sistema judiciário, diminuindo assim o número de processos por indenizações em casos de acidentes. Com isso, todo e qualquer Kiwi, passou a ter direito em caso de acidentes, a internações de urgência incluindo médico, hospital, e tratamentos posteriores de graça. E mais, o acidentado e sua família, tem direito de receber salário, pelo tempo que durar a recuperação até voltar ao batente. Em troca, a população concordou que ninguém iria processar ninguém por motivo de indenização, perdas ou danos, causados durante um acidente, seja a culpa de quem for. Todos os Kiwis estão incluídos no programa, e esse se estende também a Estudantes e Turistas que estão na Nova Zelândia por um período de tempo, mas com ressalvas. A primeira é que o custo de remédios, e tratamentos posteriores como fisioterapias, bem como perda de receita por algum motivo, não estão inclusos. Ou seja, o turista e o estudante vão ser atendidos de graça em qualquer hospital público, mas só em caso de acidentes. Emergências por passar mal não são grátis e vão ser cobradas, por isso um seguro de saúde não só é recomendável quanto solicitado para os que vão estudar. 

Nota: O Governo da NZ exige que o estudante internacional tenha o apropriado seguro médico e de viagem durante toda sua estadia na NZ e em geral as escolas ajudam a providenciar o seguro.

Seguro para carro próprio na NZ sai em torno de NZ$ 280 por ano, e existem 2 tipos:1) Comprehensive, que é um seguro total e que paga todo e qualquer tipo de dano em seu carro ou bens de terceiros, e cobre roubo também. No tipo Comprehensive e dependendo da idade do veículo, pode fazer um Agreed Value, ou seja o valor do seu carro é acordado entre você e a seguradora, e o valor de mercado que é bem mais baixo, é ignorado. Se não for um Agreed Value, em caso de perda total do seu veículo, vão pagar só o Valor de Mercado Market Value, sem levar em consideração o estado, ou quais acessórios possuem. 2) A outra modalidade e que é muito boa para quem tem carro velho e barato, é segurar só a Third Party. Nesse, o seguro paga só os danos a Terceiros, e não paga o seu veículo. Esse seguro é quase metade do preço do outro, e se você levar uma fechada e derrubar um poste de 20 mil, o seguro paga o poste, mas não paga o seu carro. Nada impede que você venda o que sobrou do seu lindo carro para um ferro velho ou queira conserta-lo por conta própria, claro que dependendo do valor.

Seguro para Carro Alugado tem um truque. O seguro é tipo Comprehensive e normalmente está includo no preço do aluguel (mas confirme). Porém tem uma franquia, chamada de Excess. Isso quer dizer que o carro está coberto mas se o dano for até digamos NZ$ 1000 você é que paga. Daí em diante o seguro é quem paga. O valor do Excess é determinado pelo modelo e ano do carro, sendo que paga por qualquer arranhão ou dano ao veículo até aquele valor. Por mais 10 ou 20 dolares na diária, você pode comprar o excess e reduzi-lo para até mesmo a zero. Mas note que a maioria dos seguros (mesmo o Excess) não cobre o vidro para-brisa e pneus. Em Maio de 2005 vinha eu alegremente dirigindo um carro alugado pela estrada, quando um caminhão transportando uma casa de madeira, deixou que uma janela despencasse no asfalto. A dita se espatifou na frente, e o vidro quebrado cobriu meu carro como uma onda. As madeiras da janela arranharam a pintura branca em vários pontos, mas eu não tive que pagar nada, pois tinha pago o Excess. Sempre comprei e nunca aconteceu nada, mas dessa vez valeu a pena, pois me impediu de pagar uns 800 dólares de reparos, sendo que o Excess por 7 dias de aluguel me custou $ 70.

Os Kiwis são obrigados a segurar a casa enquanto estiverem pagando o financiamento (Mortgage), e ultimamente tem comprado seguros de saúde apesar de terem o ACC. Parece que o governo não esta liberando verba o suficiente para os hospitais, e algumas filas de espera para cirurgia estão se formando. Seguro de vida e interrupção de salários também é um dos mais populares principalmente para famílias que tem crianças. De qualquer forma, existem zilhões de seguros para o segurado se sentir ainda mais seguro de si, desde o que cobre picada de serpente, até flatulência de ovelha. Basta escolher um que se adapte as suas necessidades.

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |                                     

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.