Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Nova Zelândia

  Nova Zelândia

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Nova Zelândia Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópico: Vistos
  Visto de Turista
  Visto de Estudante
  Visto Negado
  Renovar Vistos
  Imigrar para a NZ
  Agentes-Imigração
  Obter Cidadania
  Nível por País
  Dois Passaportes
  Ficar Ilegal
  Vistos-Dicas
  Vistos-Links
  Vistos-FAQ

 

 

Link Patrocinado

Vistos de Trabalho
para Nova Zelândia

Nota Importante: Todas as informações contidas nesse tópico sobre vistos para a Nova Zelândia, servem somente como um guia, e não são informações oficiais, tão pouco garantimos que estão corretas. Para informações oficiais e atualizadas, consulte o website oficial da Imigração ou o site da Embaixada da Nova Zelândia no seu país.

Qualquer pessoa de qualquer nacionalidade e que não seja Australiana, precisa de um Visto para trabalhar em Aotearoa. Caso contrário será considerado um trabalhador ilegal, com direito a problemas, prisão, e ou deportação. Mas para felicidade geral da nação, digo ao povo que a Nova Zelândia tem um monte de opções para quem quer ralar, trampar, trabalhar, se profissionalizar, ganhar pouco ou muito dinheiro (essa pode ser meio difícil) ou ainda, simplesmente adicionar ao seu Curriculum experiência de trabalho (duro) internacional. No tópico sobre trabalho (neste site é claro), temos a pagina de Work visa, como se tira, etc. Abaixo  descrevemos as outras opções para os que querem ter Mansões, Jatos, Mulheres ou Homens, Jóias, Mordomias, Realizações Pessoais, ou para aqueles que querem quebrar as costas, colhendo Abóbora. 

Working Holiday - Conhecido pela nossa turma como "Parece mais não é", pois parece que você vai passear muito, mas no final rala como um condenado. Este visto é permitido para alguns países. O Brasil ainda não foi agraciado com a possibilidade deste visto, mas a Argentina, Chile, e o Uruguai já foram. (não me pergunte porque, que eu não sei). Leia mais sobre Working holiday no Portal Oceania ou no site da Imigração.

Temporary Work - Chamado de "rapidinha". Para quando a pessoa recebe uma oferta de trabalho por um curto período de tempo. Pode ser por causa de um evento, show, demonstração, ou ainda porque o dinâmico trabalhador é fera numa profissão qualquer, que está em alta demanda na NZ. Ou ainda porque o empregador não encontra um Kiwi habilitado ou disposto a fazer o seuviço (com u mesmo).

Work to Residence - Também conhecido como "Altar", pois primeiro tem que ajoelhar para depois ser abençoado. Neste caso, o aplicante tem que sem bom para cacete em alguma coisa (mesmo que seja Ballet) e de preferência (mas não necessariamente) com uma oferta de trabalho sólida tipo um contrato, por um período de tempo. Depois desse tempo, o brilhante trabalhador será agraciado com pontos extras para solicitar uma Residência Permanente.

Skilled Migrant - Mais conhecido entre os íntimos como "entra querido", onde o aplicante tem qualificações para exercer uma determinada profissão (de preferência as profissões em demanda), que não seja gagá (depois de 55 anos nem viagra vai dar jeito) fale Inglês muito bem, e pega emprego mais fácil do que gripe (e se tiver uma oferta de emprego, as chances são 1000 vezes maiores). Nada mais é do que uma imigração com direitos plenos de trabalho. Leia mais sobre imigração aqui. 

Employee of a relocating company - Conhecida como " Me chama que eu vou", e serve para companhias que estão se mudando ou abrindo filiais na Nova Zelândia levarem seus destacados funcionários para ralar na terra das longas nuvens brancas e dos dólares coloridos.

  Todos os tipos listadas acima são considerados Categorias de Visto para trabalhar na Nova Zelândia, e cada qual tem uma documentação para aplicações diferentes. O mais importante de tudo, é saber que não pode trabalhar na Nova Zelândia sem um visto e que com uma oferta de trabalho pode-se partir para inúmeras alternativas, incluindo a de ficar lá para sempre, se assim desejar. Consulte o site da imigração para informações detalhadas sobre cada uma delas e nos links de pesquisa (saiba mais).

Luizão conseguiu um emprego de fotógrafo, e descobriu porque os Maoris chamam a Nova Zelândia de "Aotearoa".

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |                                     

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.